quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Perigo do FAST FOOD!

Olá!
Quarta é dia de post do blog do OSP!  A matéria de hoje é sobre o perigo do Fast Food! Vale a pena ler




FAST FOOD: PERIGO FÍSICO E MENTAL

 


Se você pensava que o pior efeito de uma dieta rica em fast food era o aumento de peso, pense novamente. Existem consequências ainda mais nocivas.

Antes de mais nada, vamos definir o que é fast food. Fast food não se limita apenas a lanchonetes como Mc Donalds. Fast food é qualquer comida industrializada, que não seja preparada com ingredientes frescos, ainda que o preparo se dê dentro da sua casa. Então, uma lasanha congelada, um pacote de biscoitos ou uma caixa de sucrilhos também podem ser considerados fast food.

Dito isto, estudos realizados por diversas universidade de Londres chegaram à mesma conclusão: fast food faz mal não apenas para o corpo, como também para a mente, reduzindo a inteligência do seus consumidores. Comprovou-se, por exemplo, que crianças que comem muito fast food tem uma redução considerável de pontos de QI quando comparadas a crianças que foram alimentadas utilizando ingredientes frescos.

Por mais que os pais tentem escolher entre os “menos piores” no quesito fast food, uma criança alimentada com este tipo de comida provavelmente sofrerá com a carência de diversos nutrientes fundamentais, que são destruídos no processo de industrialização do alimento. A consequência é essa, um cérebro que não funciona tão bem como poderia, resultando em um QI mais baixo.

Um nutricionista saberá indicar uma alimentação adequada, coisas nem sempre muito fáceis de colocar em prática, como por exemplo a ingestão de porções diárias de frutas frescas ou a ingestão ao menos duas porções de peixes frescos por semana. Pois é, ter filhos nunca foi uma tarefa fácil.Fast food tem que ser reservada para ocasiões especiais, como por exemplo um dia na semana. Pais devem encontrar tempo para oferecer alimentos frescos para seus filhos durante a semana toda. Hora de tirar um tempo para saber o que seu filho anda lanchando todos os dias.

Então, dando ao seu filho fast food, alimentos prontos industrializados, sejam eles um Big Mac ou um pacote de biscoito recheado, você está não apenas majorando suas chances de desenvolver diversas doenças (muitas delas letais) como ainda reduzindo o desenvolvimento da sua potencial inteligência. Criança que come fast food será necessariamente burra? Não, mas provavelmente será menos inteligente do que poderia ter sido se fosse alimentada prioritariamente com alimentos frescos.

E por falar em inteligência, não custa lembrar que um estudo realizado no Canadá constatou que a prática regular de atividade física implica e mais sangue oxigenado levado ao cérebro, o que se traduz em um aumento da capacidade cognitiva (raciocínio + memória + atenção + imaginação), ou seja, quanto mais exercício você praticar, melhor funcionará seu cérebro e mais “inteligente” (no sentido de mais capaz) você será mentalmente.

Invista no seu filho. Crie-o fornecendo alimentos frescos e estimulando a prática de atividade física. O prejuízo de um desenvolvimento cerebral medíocre não pode ser revertido depois de adulto. Ele não sabe o que é melhor para ele, você sim. Mesmo que a princípio não sejam as mais agradáveis das refeições, um dia ele vai te agradecer.


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

REFEIÇÕES
 
 
Café da Manhã – 06h
- suco de abacaxi com couve e hortelã
 
Lanche da Manhã – 09h
- melancia
 
Almoço – 11:40
- salada de alface, tomate, brocolis, beterraba, cenoura amarela e kani
- feijão vermelho
- peixe a role
-  frango grelhado
- 01 copinho de gelatina de morango
 
Lanche da Tarde – 15h
- 01 mexerica
 
Lanche Antes da Academia – 17:20
- 01 banana
 
Jantar -20h
- sopa de legumes com gengibre

2 comentários:

  1. Nossa esse é outro receio que tenho para ter filhos. É dificil alimentar bem. Eles não querem comer, a mãe fica desesperada e dá qualquer coisa que o agrade, o que concerteza não é alface, kkk. Minha afilhada come sorvete no almoço quando não quer comida. Fico com medo de criticar porque não sei como será quando chegar minha vez, hehe. Acho que o segredo é evitar ao máximo dar esses alimentos, o que é dificil se mora perto da família, que oferece qualquer porcaria...

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que isso ja é passado. Bjs

    ResponderExcluir